0

PT, PDT E PSDB não querem o bem do Brasil. Eles querem o Brasil, querem a revanche.

PT, PDT E PSDB não querem o bem do Brasil. Eles querem o Brasil, querem a revanche.

Vejo agora a notícia de que PT, PDT e PSDB lançarão movimento chamado “Direitos Já”. E não é um movimento a favor do Brasil, mas um movimento contra Jair Bolsonaro e a favor de Lula Livre, pois só isso interessa a esses partidos.

Não tem muito tempo, toda e qualquer contestação feita aos governos Lula e Dilma eram tratados por esses partidos como movimentos do “quanto pior melhor”. E então pergunto: e o que fazem esses partidos desde que Temer assumiu no lugar de Dilma e Bolsonaro assumiu, legitimamente, pelas urnas, o governo brasileiro?

 


“Você está Prestes a Descobrir: Como Alguns Empreendedores Saíram De Quase Falidos Para Atrair Milhares de Clientes, Fechar Vendas e Serem Reconhecidos Utilizando um Sistema de Marketing Digital Pouco Conhecido Pela Maioria dos Empreendedores…”


 

Desde o dia 1° de janeiro de 2019, qual foi o movimento que PT, PDT e PSDB fizeram a favor do Brasil? O que eles acrescentaram? Que tipo de diálogo eles estabeleceram com a sociedade e com o governo em busca da convergência de opiniões que pudessem fazer o país avançar nas reformas que todos sabemos serem necessárias para atingirmos, juntos, paz e desenvolvimento social?

PT, PDT e PSDB não travam diálogos. Diálogo se estabelece quando as partes falam, ouvem e discutem algum tema ou proposta. O que esses partidos fazem são monólogos, pois não estão interessados no que a outra parte diz, muito menos em discutir algum tema ou proposta, porque a eles só interessa o que pensam e o que querem, e isso se traduz em uma única palavra: poder.

Acima dessa questão, porém, existe um pano de fundo mais complexo a justificar o comportamento desses partidos, que é a impunidade. E para alcançar esse objetivo eles não estão preocupados com o bem do Brasil, mas, sim, em ter o Brasil nas mãos e usar esse poder para acabar com toda e qualquer ação do estado (que não é o governo, mas as instituições do estado) no combate à corrupção, está diretamente ligada ao PT, PDT e ao PSDB. Pode-se colocar o MDB, o PP e outros partidos nessa conta também, mas aqui me restrinjo aos 3, especialmente PT e PSDB.

Não existem partidos de oposição no Brasil. O que temos são partidos de imposição. Para eles só serve impor a todos, estado e povo, o seu pensamento, as suas ideias, não importa o que a sociedade pense a respeito.

Dos 35 anos pós regime militar, PSDB e PT tiveram o poder nas mãos por 21 anos e meio. Durante todo esse tempo fingiram brigar entre si apenas para facilitar a manutenção da polarização que sempre desembocaria na eleição de um ou de outro. O jogo era forçar uma dualidade perpétua, até que chegou a Lava Jato, e proveniente de tudo que ela revelou chegou Jair Bolsonaro, quebrando de vez a hegemonia que nos trouxe à desgraça política, econômica e social que vivemos hoje.

Jair Bolsonaro está longe de ser o presidente dos sonhos de todos os brasileiros, mas foi o único que conseguiu chegar próximo dos anseios da maioria do povo, cansada de tanta roubalheira, de tantos desmandos e aparelhamentos que transformaram as instituições do estado em reféns desses partidos. Esses partidos lotearam órgãos de estado e estatais e os usaram para financiar um projeto de poder perpétuo, ignorando que um dia o povo perceberia isso e reagiria. Mas o povo reagiu.

O movimento encabeçado por PT, PDT e PSDB é uma revanche contra o povo, atacando Jair Bolsonaro, minimizando e desmerecendo todas as ótimas iniciativas que o atual governo já promoveu, sem, na verdade, apresentarem soluções alternativas diferentes do que já praticaram nos anos em que estiveram no poder e que, como todos sabemos, não deram certo.

Cabe ao povo rechaçar essa iniciativa, sustentando e ampliando o apoio ao governo Jair Bolsonaro, não apenas por ele, mas apesar dele, pois ainda que ele venha a se reeleger em 2022, em 2026 teremos eleições das quais ele não poderá participar, e não ainda sabemos quais serão os candidatos habilitados a guiar o Brasil para o futuro, mas sabemos que qualquer um que venha do PT, PDT ou PSDB estará compromissado com tudo aquilo que não queremos mais.

PT, PDT e PSDB continuam de mãos dadas (falei disso exatamente um ano atrás, você pode ler clicando aqui), principalmente para fugir da polícia. E contam com o judiciário e o legislativo para isso. Temos que nos manter firmes.

Você pode gostar de ler também:

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.