0

VEJA AS FICHAS DOS DEPUTADOS QUE VIAJARAM COM MICHEL TEMER PARA A CHINA

4 HORAS DA MANHÃ NA CHINA – TRÊS DEPUTADOS VÃO AO QUARTO DE MICHEL TEMER COMEMORAR O ANÚNCIO DE RODRIGO JANOT SOBRE A REVIRAVOLTA NO CASO DA DELAÇÃO DA JBS. ACREDITE, SÃO ELES:

BETO MANSUR – PRB/SP (que aparece na foto saindo do avião logo atrás de Temer)

Sua insatisfação pode gerar resultados. Crie um Blog agora mesmo!
Quero mais informações, ou para começar agora, clique aqui.

TRT – Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região – Processo nº 0008600-37.2005.5.18.0251 – Condenado em primeira instância pelas condições de trabalho degradantes, análogas à de escravo, a que os trabalhadores empregados em suas fazendas eram submetidos. Teve que pagar indenização de R$ 200 mil por danos morais coletivos. Apresentou recursos, que foram negados: TRT – ED nº 0008600-37.2005.5.18.0251, TRT – RO nº 0008600-37.2005.5.18.0251 e TST – ARR nº 8600-37.2005.5.18.0251. Ainda recorre.
TRF-3 Subseção Judiciária de Santos – Processo nº 2004.61.04.003219-5 – Foi condenado em ação civil pública por improbidade administrativa/violação aos princípios administrativos ao ressarcimento ao erário e a pagamento de multa. A condenação foi mantida em dois julgamentos na segunda instância: TRF-3 – Apelação nº 2004.61.04.003219-5. O parlamentar recorreu em terceira instância, mas o tribunal manteve a decisão: STJ – Embargos de divergência em recurso especial nº 1521595/2016.
TJ-SP – Comarca de Santos – Ação popular nº 0024917-13.2004.8.26.0562 – Foi condenado a ressarcir os cofres públicos por contrato de fornecimento de cestas básicas firmado com dispensa irregular de licitação pelo município de Santos. O STJ manteve a decisão, mas reduziu o valor a ser indenizado pelo parlamentar: STJ – Embargos de divergência em recurso especial nº 1192563/2016. Ainda recorre.
TJ-SP – Comarca de Santos – Processo nº 0014162-27.2004.8.26.0562 – Foi condenado a pagamento de indenização por danos morais e materiais por omissão relativa à segurança do trabalho, juntamente com o Partido Progressista (PP). O parlamentar recorre da decisão: TJ-SP – Apelação nº 0014162-32.2001.8.26.0562.
TRE-SP – Representação nº 801975.2014.626.0000 – Representação movida pela Procuradoria Regional Eleitoral por captação ou gasto ilícito de recursos financeiros nas eleições de 2014.
STF – Inquérito nº 2519/2007 – Inquérito – apura crime contra a administração em geral.
TRF-3 – Seção Judiciária de São Paulo – Ação civil pública nº 0023970-18.2015.4.03.6100 – Réu – ação civil pública que pede a suspensão da concessão da Rádio Cultura FM Santos Ltda., da Sociedade Rádio Cultura São Vicente Ltda. e da Empresa de Comunicação PRM Ltda., das quais o parlamentar é sócio. Essa é uma da série de ações movidas pelo MPF para cassar concessões de rádio/TV de emissoras que tenham congressistas em seu quadro societário. A Justiça deferiu liminarmente a suspensão. Mansur recorre: TRF-3 – Agravo de instrumento nº 0002888-58.2016.4.03.0000.
TCE-SP – Processo nº 5772/ 026/ 98 – Exercício financeiro de 1998. Dentre outras irregularidades, não aplicação de regras para despesa com educação e não recolhimento da parte patronal da Caixa de Previdência.
TCE-SP – Processo nº 2529/ 026/ 00 – Exercício financeiro de 2000. Dentre outras irregularidades, aplicação insuficiente de recursos na educação.
TCE-SP – Processo nº 2909/ 026/ 03 – Exercício financeiro de 2003. Dentre outras irregularidades, aplicação insuficiente de recursos na educação e no ensino fundamental e pagamento acima do limite permitido a servidores públicos.

DARCÍSIO PERONDI – PMDB/RS

TRF-4 – Seção Judiciária do Rio Grande do Sul – Ação civil pública nº 0000725-26.2004.404.7105 – Condenado em ação civil pública – cobrança indevida de honorários médicos de pacientes do SUS quando era presidente do Hospital de Caridade de Ijuí/RS. Pagamento de multa. Omissão em coibir práticas que atentassem aos princípios da administração pública e também por atraso no andamento das investigações. Recorreu e perdeu TRF-4 – Apelação cível nº 0000725-26.2004.404.7105. Recorreu ao STJ e aguarda – Recurso especial nº 1352219/2012.
TRE-RS – Prestação de contas nº 55121.2002.621.0000 -Prestação de contas das eleições de 2002 rejeitada.

FÁBIO RAMALHO – PMDB/MG

TCE-MG – Processo nº 701636/2005 – Responsabilizado e multado por falhas referentes a controle interno e a processos licitatórios entre 2003 e 2004.
TCE-MG – Processo nº 743461/2002 – Responsabilizado e multado por irregularidades em procedimentos licitatórios entre 2002 e 2003.

 

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.