0

TEMER, UMA DESGRAÇA CARA DEMAIS?

A JBS, da qual o atual ministro da Fazenda era presidente do conselho, expôs o presidente da república num claro ato de prevaricação. Mais que isso, um ato de demonstração da indecência do lado de trás das câmeras e holofotes, porque do microfone, sem saber, ele não escapou.

Não escapou também a desfaçatez com que o índice de redução da SELIC do mês seguinte foi dado de graça ao bandido Joesley, nem a cumplicidade externada por um “ótimo, ótimo”, quando lhe é revelado que dois juízes e um procurador estariam colaborando e vazando informações.

O ponto é que Michel Temer é uma desgraça que nos livrou de uma desgraça ainda maior chamada Dilma Rousseff. O que é fato é que eles são indissociáveis.

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.