0

SOMOS OS TAIS ESCRAVOS DE JÓ?

 

TIRA, PÕE, DEIXA FICAR?

Já não é mais uma questão de querer que saia, ou querer que fique. A defesa das duas teses é absolutamente lógica, dentro de cada lógica. Mas a coisa me parece muito mais profunda, tanto Temer saindo, como ficando.

Sua insatisfação pode gerar resultados. Crie um Blog agora mesmo!
Quero mais informações, ou para começar agora, clique aqui.

Quem defende que fique, ao mesmo tempo defende a estabilidade do país e da quadrilha da vez que está com a caneta na mão. Quem tem a caneta nomeia, desnomeia, dá verba, corta verba, pressiona, alivia, compra e vende.

Quem defende que saia, ao mesmo tempo defende Rodrigo Maia por trinta dias, o aprendiz de Eduardo Cunha de quem o mestre deve morrer de rir na cadeia. Só que acaba defendendo também a hipótese aguda de rasgarem mais uma vez a constituição e forjarem uma eleição direta que, teoricamente, favorece Lula e que se der certo pode dar-lhe pelo menos quatro anos de foro privilegiado, mesmo com as mudanças que fizeram. E em todo caso, é só dar mais uma rasgadinha e conserta-se isso.

E então, corremos para que lado? Ficamos de que lado? A estabilidade ou o caos? A instabilidade ou o status quo vigente?

Quem defende é acusado pelo outro lado. Quem acusa recebe o mesmo troco. E ninguém mais se entende.

O fato é que depois que José Dirceu saiu da cadeia, guerreiros com guerreiros fazem zigue zigue zá.

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.