0

Meu vizinho sente saudades de Dilma Rousseff

Meu vizinho de uns 30 anos sente saudades de Dilma Rousseff

Fiz um breve relato disso no Twitter, quando meu vizinho provocou a conversa sobre economia, disse que Paulo Guedes não tem projeto para a economia e que sente saudades de Dilma Rousseff. Tentei argumentar a ruína econômica do Brasil, os 13 milhões de desempregos gerados no governo petista, mas ele disse que o foco da conversa não era o passado, mas a falta de plano de geração de receita para a economia que não venha da reforma da previdência.

O fim desse breve diálogo se deu sobre o tempo, a possibilidade de chuva. Mas o assunto não me saiu da cabeça. Como é que alguém, de verdade, de coração, com lisura e honestidade de propósito pode sentir saudades de Dilma Rousseff?

Sua insatisfação pode gerar resultados. Crie um Blog agora mesmo!
Quero mais informações, ou para começar agora, clique aqui.

É bom que se diga que, apesar da retórica, nem o PT sente saudades de Dilma Rousseff na presidência, exceto pela presença do partido no comando. De resto, tudo foi catastrófico no governo Dilma, e muito fortemente para o PT.

As desgraças já eram grandes o suficiente na economia. A tal da nova matriz econômica baseada em mandioca e estocagem de vento já tinha dado início à quebradeira do país quando uma desastrada frase de Dilma para a imprensa jogou luz sobre a compra da Refinaria de Pasadena.

Dilma, com toda incapacidade mental que Deus lhe deu, disse que assinou a compra de Pasadena sem ler as cláusulas abusivas. Jogo a bomba no colo de Nestor Cerveró que assinara um “parecer falho”. O resto é história. A Lava Jato nos fez o favor de nos contar em detalhes o que foram os governos Dilma, Lula, Temer, FHC, Itamar, Collor e Sarney. Nos mostraram como esses sujeitos nos roubam desde 1986. E meu vizinho sente saudades da Dilma.

Mas do que ele sente saudades? Da falta de articulação verbal e mental de Dilma? Da sua capacidade de mentir em rede nacional sem ficar com um milímetro de rubor na cara? Da total falta de sintonia com a realidade econômica e social? Com a arrogância desmedida com que tratava os funcionários, como aquela camareira do Alvorada que foi agredia pela chefe do estado com um cabide?

Dilma foi incapaz de conter as investigações da Polícia Federal. O máximo que conseguia era obter informações privilegiadas e avisar os comparsas. E aí vem a ironia do destino, pois tivesse Aécio sido eleito presidente da república, não poderíamos ter contado com a inépcia de Dilma ao lidar com os fatos que iriam inclusive custar o seu mandato.

Uma presidente da república que se permitiu ser gravada em ligações com um investigado da justiça, e ainda foi flagrada garantindo a ele uma proteção absolutamente criminosa, tanto que foi impedida pelo STF (que depois fez o contrário com Moreira Franco sendo que a situação era idêntica).

O próprio Lula, depois, viria a ser personagem da queda de Dilma. Ruim sem ela, pior com ela. Escrevi sobre isso no artigo Lula derrubou Dilma para Temer derrubar a Lava Jato, simples assim, que pode pode ler clicando no aqui.

Não vou entrar no mérito da vida pessoal do meu vizinho porque eu não a conheço. Qualquer afirmação seria baseada em suposições e pré-julgamentos que não justificariam mais ou menos o motivo, ou os motivos, pelo qual ele sente saudades de Dilma. Mas não chega a ser tão difícil de entender.

O que a base de sustentação da esquerda sente falta é do dinheiro fácil que circulava nos governos petistas e que foi gasto sem controle no primeiro mandato de Dilma. Dilma quebrou o Brasil. Hoje sabemos que foram gastos 1 BILHÃO E 400 MILHÕES DE REAIS EM CAMPANHAS ELEITORAIS DE DILMA ROUSSEFF. E podemos ter certeza de que a maior parte desse dinheiro nem na campanha apareceu. Foi enriquecimento ilícito de centenas de políticos, empresários e gente dos 3 poderes.

Dilma Rousseff implodiu o projeto de perpetuação no poder do PT, pela incompetência, pela prepotência, pela falta de controle, pela falta de comando, pela total falta de preparo para o cargo – aliás para qualquer cargo. Interferiu na economia causando a ruína de milhares de empresas e empregos no Brasil inteiro, afastou o capital estrangeiro.

O descaso com as obrigações básicas do governo com a população se traduziu no aumento de mortes em hospitais por falta de atendimento, falta de instalações adequadas, aumento de quadros de infecção hospitalar, falta de remédios, equipamentos sucateados, pacientes que morrem antes de conseguir fazer um simples raio X. Ainda na saúde, foi no governo Dilma que doenças como poliomielite e sarampo, consideradas erradicadas ou quase erradicadas, voltaram a preocupar o Ministério da Saúde, sem falar nas epidemias de dengue, Zica e chikungunya que tiveram seu ápice em casos de mortes e microcefalia no governo da petista.

Durante os governos petistas os índices de criminalidade aumentaram vertiginosamente, centenas de milhares de vidas foram ceifadas por falta de uma política de segurança pública que garantisse ao cidadão o direito de ir e vir na cidade em que mora. Cerca de 50 mil vidas por ano, 400 mil vidas em 8 anos. E meu vizinho sente saudades da Dilma.

A educação teve seu pior desempenho e essa não é a má notícia. A má notícia é que o reflexo disso ainda se dará por muitos anos, pois não se corrige esse tipo de erro com decreto, medida provisória ou emenda à constituição. O dano educacional afeta milhões de pessoas e leva pelo menos duas gerações para começar a ser devidamente corrigido. Em 2017 ocupávamos a 88ª posição em educação no ranking da Unesco que tem analisou 127 países. Já no ranking da Pearson International, que conta com 40 países, nossa posição é um humilhante 39° lugar.

Sobre trabalho, o que vimos foi a explosão do desemprego, das ações trabalhistas, da quebra de empresas, da desindustrialização do Brasil, a quebradeira dos estados e municípios.

Dilma Rousseff e o PT não resolveram o problema do desemprego, da reforma agrária, da saúde, da segurança, do racismo, da homofobia, da violência contra a mulher, da violência contra homossexuais, da falta de moradia, do esgotamento da infraestrutura, do saneamento básico (50% do Brasil ainda tem esgoto a céu aberto). A única coisa que eles fizeram foi enriquecer.

Roubaram e deixaram todo mundo roubar. Opa! Acho que estou começando a entender as saudades do meu vizinho.

Você pode gostar de ler também

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.