0

PORQUE BRASILEIROS QUE MORAM NA EUROPA E NOS EUA DEFENDEM A CLT?

É interessante como um grande contingente de brasileiros ainda se mantém engajado numa luta ideológica cuja ideologia se perdeu há tempos.

É muito estranho que manifestações a favor de Dilma, ou contra Temer, ou contra a reforma da previdência, ou contra a reforma trabalhista, ou contra qualquer coisa que não seja vinculado ao PT, Lula e Dilma, continuem a persistir.

São pessoas que não mais convivem com o dia a dia do brasileiro médio, pobre, com a economia devastada que submete todos os cidadãos a altos índices de violência, péssima qualidade de serviços públicos, um improdutivo sistema educacional e uma legislação trabalhista que estrangula o empregador, protege o empregado acima até mesmo das provas e evidências, e enche as burras dos advogados e do governo de dinheiro.

Ok. Vamos lá. Cada um tem direito a defender as ideias nas quais acredita.

Mas, definitivamente incompreensível é que essas pessoas defendam a escravidão da CLT para os brasileiros, quando eles mesmos vivem sob legislações trabalhistas absolutamente flexíveis, sem aposentadoria integral, em países onde o emprego existe (para quem quer trabalhar, ainda que dos mais simples), sem uma  justiça trabalhista na maioria deles, e com um salário hora absolutamente maior – proporcional e nominalmente.

Não há ideologia que explique isso. Fica até complicado tentar adjetivar.

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.