0

O POUCO COMENTADO DEPOIMENTO DO PRIMO DO PRIMO DO BUMLAI

NÃO É NENHUMA BOMBA ATÔMICA. MAS REVELADOR SOBRE O CARÁTER DE LULA, ROBERTO TEIXEIRA E BUMLAI.

De repente eis que surge um senhor de 77 anos de idade diante de Sérgio Moro, Glauco Costa Marques, primo de José Carlos Bumlai, laranja da compra da cobertura vizinha a de Lula em São Bernardo, e também do terreno aonde seria o Instituto Lula.

Confesso que já pensei muito mal desse senhor, mas vendo o depoimento dele ao juiz Sérgio Moro, senti foi pena. Não que ele seja um inocente daqueles que não sabem de nada. Mas é um ingênuo daqueles que pensam que sabem de tudo.

José Carlos Bumlai não teve dó de abusar dessa ingênua esperteza para negócios que teria o primo. Ao que se viu, Glauco Costa Marques é daqueles espertalhões que gosta de ganhar dinheiro fácil, e se interessou pelos negócios pouco ortodoxos oferecidos pelo primo José Carlos que gozava da intimidade do presidente da república.

O estratagema foi tão bem armado que ele foi levado ao aniversário de Luiz Cláudio Lula da Silva, na cobertura do presidente em São Bernardo. E ali, como quem não quer nada, o primo asno encantado José Carlos mostrou a ele a cobertura, que depois foi objeto da compra e do interesse de ganhar algum. Mas naquele momento, Glauco Costa Marques gozava da intimidade da família Lula.

O dinheiro que ele ganhou intermediando a compra do terreno do Instituto Lula foi pedido de volta. Ele reclamou com o primo que apenas disse: devolva. E ele devolveu.

A empresa que o primo José Carlos sugeriu abrirem para fazer negócios, que nem o próprio Glauco explica bem quais são, ele abriu, em seu nome, e logo depois tomou mais uma pernada, tendo que ceder as cotas para Luiz Cláudio Lula da Silva, aquele mesmo do aniversário que ele foi.

Glauco Costa Marques é só um espertalhão, não poderia ser chamado de corrupto, e na minha opinião não merece punição maior do que alguma multa. Mostra-se, inclusive, uma pessoa com dificuldades de raciocinar e expressar com clareza seus pensamentos.

O mais importante a observar nesse depoimento é a falta de escrúpulos de José Carlos Bumlai ao envolver o próprio primo como laranja, em esquemas nos quais, tal qual no xadrez, ele era só um peão sem importância. E também a maneira como Lula e seu comparsa Roberto Teixeira, que é sogro do medíocre Cristiano Zanin, usavam e abusavam dos asnos encantados pelo ex-presidente.

E quase ninguém deu bola para isso.

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.