0

MICHEL TEMER ESTÁ ACABANDO COM A POLÍCIA FEDERAL. E NÓS CONTINUAMOS SÓ ASSISTINDO.

MINISTRO DA JUSTIÇA AVISA QUE A POLÍCIA FEDERAL NÃO TERÁ RECURSO PARA TODAS AS OPERAÇÕES

Em mais uma aparição digna de quem só conseguiu ser portador de más notícias para nós, povo, e boas notícias para eles, políticos, o Ministro da Justiça Torquato Jardim, num arroubo de ética e transparência, informou que a Polícia Federal NÃO TERÁ MAIS DO QUE OS 70 MILHÕES POR MÊS que o atual orçamento permite. Isso significa que as operações da PF deverão ser seletivas e com amplitude menor.http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,ministro-da-justica-nega-esvaziamento-da-operacao-lava-jato,70001909234

Sua insatisfação pode gerar resultados. Crie um Blog agora mesmo!
Quero mais informações, ou para começar agora, clique aqui.

Em meados de fevereiro, quando foi noticiado que Temer havia cortado 40% do orçamento da PF para este ano, vários lados saíram em defesa do presidente, inclusive delegados da própria PF. Até quem noticiou chegou a ser atacado por quem defendeu a mentira. E nada mais era do que mais uma mentira.

Com Torquato Jardim nada floresceu. Ele não faz jus ao sobrenome que tem. O nome correto e apropriado seria Torquato Cemitério, o que se comprova a cada movimento subterrâneo ou declaração estapafúrdia à imprensa. Ele foi pinçado do Ministério da Transparência para enterrar a Lava Jato, e usa para isso o que seus antecessores não tiveram coragem de usar, a caneta do presidente.

Com medidas de corte de investimentos, em poucos meses ele já causou mais estragos ao combate à corrupção do que José Eduardo Cardozo em anos à frente do mesmo ministério. E olha que ele tentou exaustivamente. Mas não usou a caneta de Dilma com tanto desperdício de tinta como faz Torquato Cemitério.

Não faz sentido que falte dinheiro para a Polícia Federal trabalhar.

Não existe explicação que possa ser lógica, razoável, justa, indicada, procedente, adequada, recomendada…

O que existe é a mais cristalina demonstração da intervenção direta do governo federal no processo de combate à corrupção.

Michel Temer interfere no processo de combate à corrupção como Dilma não fez, ou não conseguiu fazer. E faz isso com essa cara de pau toda por um único motivo: nós continuamos só assistindo.

 

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.