0

MAIS UM AUMENTO NO PREÇO DA GASOLINA -10% EM UM MÊS

MAIS UM AUMENTO NA ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS SOBRE COMBUSTÍVEIS. QUAL É A GOTA QUE AINDA FALTA?

A conta é simples. O Governo precisa de dinheiro e não tem como ficar aumentando impostos. Então, em 20 de julho aumentou os impostos sobre combustíveis, PIS/COFINS, passando a arrecadar mais sobre o consumo.

Sua insatisfação pode gerar resultados. Crie um Blog agora mesmo!
Quero mais informações, ou para começar agora, clique aqui.

Segundo notícia do Estadão “Nos cálculos da área técnica do governo, cada R$ 0,01 de aumento na alíquota do PIS/Cofins sobre a gasolina resulta em uma arrecadação anual de R$ 440 milhões. No caso do diesel, a receita é de R$ 530 milhões.”

Traduzindo: como não pode aumentar impostos, aumenta o preço da gasolina e acaba dando no mesmo. Ou seja, você está dando mais dinheiro para o governo, queira ou não. E como todo mundo está cansado de saber, o aumento do combustível impacta no preço de praticamente tudo, e esse tudo todo gera mais impostos para o governo. É só uma equação matemática na qual para o povo não sobra nem o resto, muito menos o resultado.

Como você viu, o mísero aumento de R$ 0,01 gera milhões. Devia se chamar Imposto Conta Gotas, porque é dessa forma que esse dinheiro vai saindo do bolso de todo brasileiro, motorizado ou não. E não demora empresas de ônibus solicitar aumento de passagem para as respectivas prefeituras.

O governo não está de olho em todas as maneiras de arrecadar dinheiro, e o mês de agosto a indústria automobilística – sempre ela – teve crescimento animador, de modo que mais automóveis foram vendidos e mais combustível será gasto e mais imposto será arrecadado. E esse ciclo nunca terá fim.

O brasileiro é apaixonado por carro, vai de carro para todos os lados porque gosta e porque na maioria das cidades o transporte coletivo não atende eficientemente as demandas da população. E é inseguro, porque o Brasil é inseguro. E é caro, porque tudo no Brasil é caro.

Parece que no copo do povo brasileiro a indignação não transborda nunca.

Matéria Estadão 20/07/2016

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.