0

Lula acabou. O maior cabo eleitoral de Bolsonaro deve ir para um presídio.

Lula acabou. O maior cabo eleitoral de Bolsonaro precisa ir para um presídio.Não se sabe ainda o tamanho da ameaça que Lula significa para quem, até aqui, passou ileso (ou não, mas não foi noticiado) pelos radares do Ministério Público Federal e da Polícia Federal. O que parece claro é que Lula manteve e mantém inúmeros rabos presos em suas mãos e que apenas isso garantiu a ele o tratamento VIP que não o colocou ainda efetivamente atrás das grades. Só que isso precisa acabar.

Seria injusto tirar os méritos de Jair Bolsonaro. Mas o principal fator que o impulsionou para a presidência sempre foi o antipetismo e o antilulismo. Lula sempre foi o maior cabo eleitoral de Jair Bolsonaro. Todas as ações e reações de Lula foram fundamentais para cristalizar Jair Bolsonaro como a antítese do petismo.

Sua insatisfação pode gerar resultados. Crie um Blog agora mesmo!
Quero mais informações, ou para começar agora, clique aqui.

Cada entrevista ou comício de Lula antes de ser preso, cada ação de bastidores, a papagaiada do dia da sua prisão, o povo acampado na porta da Polícia Federal em Curitiba, as falas e ações desastradas de Gleisi Hoffmann, Lindbergh Farias, Paulo Pimenta, Wadih Damous, Roberto Requião, todos pessoas detestáveis para o antipetismo, todos, contribuíram para a derrota do partido.

Porém, ninguém mais do que Lula é responsável pela derrota – e esperemos derrocada final – da esquerda e do PT. Seu enfrentamento à justiça, todo tempo se pondo de vítima, atacando juízes de todas as instâncias, expondo o Brasil ao ridículo ao buscar a ONU para acobertar seus crimes, a insistência na impossível candidatura à presidência, a desarticulação de apoios a Ciro Gomes ou a qualquer outra força de esquerda, a persistência de levar a impossível candidatura até o limite, a tardia apresentação de Haddad como candidato, são exemplos da grande contribuição que ele, o dono da esquerda, deu para que a esquerda entrasse no colapso que entrou.

Lula é um homem condenado a 12 anos e 1 mês de cadeia. Deverá receber outra condenação ainda esse ano pelo sítio de Atibaia e pelo terreno para o Instituto Lula comprado pela Odebrecht. Além dessas duas, é réu em mais 5 processos dos quais dificilmente escapará. E ainda outras muitas investigações devem torná-lo réu em novos processos. Não existe mais discurso possível para inocentar Lula. Mas ainda pode piorar.

Esperou-se para depois das eleições a queda do sigilo das delações premiadas de Antônio Palocci, até aqui o único petista, aparentemente, sinceramente arrependido, e da delação de Marcos Valério, esse sim muito arrependido de não ter falado antes, que além de implicar Lula diretamente no Mensalão, ainda vai trazer novos fantasmas para a vida do condenado, entre eles um fantasma literalmente, Celso Daniel.

Está na hora de Lula receber as honras que todo condenado tem direito, que é ser encaminhado para um presídio e cumprir sua pena como cidadão comum que é. A vitória de Jair Bolsonaro é o começo do fim de um partido e de uma ideologia que o povo brasileiro definitivamente não quer mais.

Lula deu sua última contribuição para o Brasil como cabo eleitoral de Jair Bolsonaro. E aprendeu que o Brasil não se resolve na bala e nem na faca, mas no voto.

Você pode gostar de ler também

Bolsonaro ou a venezuelização do Brasil. Esse é a verdadeira escolha.

 

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.