0

Lula continua preso, José Dirceu continua solto, a justiça continua a mesma

Lula continua preso, José Dirceu continua solto, a justiça continua o mesmaSérgio Moro teria sido ovacionado pela imprensa brasileira se no lugar de Lula o habeas corpus tivesse sido impetrado em favor de Fernandinho Beira Mar, Marcola ou outro traficante de mesmo grau de periculosidade. Não faltariam elogios à nobreza do juiz de primeira instância que interrompeu suas férias para impedir um esquema para soltar um bandido. Mas o bandido em questão é Lula.

Nada foi ao acaso. Nem a data, nem o momento, nem o juiz de plantão (que por mais visualização que possa a dar a este artigo no Google eu me nego a reproduzir), nem o teor do HC, muito menos os impetrantes. Um esquema vagabundo, urdido ao estilo gangsterista que é comum a quem está acostumado a praticar crimes por troca de favores e ameaças.

O juiz plantonista foi indicado por Dilma Rousseff. Trabalhou com Tarso Genro. Foi filiado ao PT por 19 anos. Tem foto com Lula. Tem foto com Fidel Castro. Foi o único juiz do TRF4 a votar a favor de uma investigação de Sérgio Moro. Podemos dizer que ele é o “Dias Tóffoli do TRF4”. Não tinha como dar certo.

Porém, é preciso mais do que audácia para tentar um absurdo desses. É preciso inteligência, coisa que Wadih Damous, Paulo Teixeira e, principalmente, Paulo Pimenta não tem. Esse tipo de golpe, tão característico dos que costumam acusar os outros daquilo que fazem, precisa de um cérebro para ligar os pontos e encontrar a oportunidade. E cérebro não apenas foi solto pela Segunda Turma do STF, como teve revogada qualquer medida cautelar e até mesmo a tornozeleira eletrônica.

José Dirceu é o cérebro do PT. Lula nunca teria chegado ao Planalto sem José Dirceu, nem teria permanecido lá sem a permanente ajuda dele. Antônio Palocci até assumiu suas funções diretas em relação à Lula, mas Palocci só tem capacidade para planejar crimes contra os cofres públicos, não tem a mente maligna de Dirceu, não é soldado do PT.

As principais ofensivas do PT contra a Lava Jato e contra a justiça em geral, se deram nos períodos em que José Dirceu estava solto. E não foi diferente agora. Sozinha na presidência do PT, com Lula e José Dirceu presos, Gleisi Hoffmann só aprofundou a desgraça do partido. Não havia um mentor ou uma mente capaz de dar direcionamento às ofensivas permanentes contra a realidade. Então soltaram José Dirceu, às vésperas do sempre vergonhoso recesso judiciário.

A situação vista no TRF4 nesse domingo, 8 de julho de 2018, demonstra como a destruição do judiciário, iniciada no STF chegou às instâncias inferiores. Marco Aurélio Mello, Gilmar Mendes, Dias Tóffoli e Ricardo Lewandowski estão fazendo escola. Na figura desses 4 ministros, o STF dá aulas diárias de ativismo partidário, corporativismo, compadrio, protecionismo e, o pior exemplo, de cumplicidade com a criminalidade do colarinho branco, e sabe-se lá mais com que tipo de atividade ilícita.

E se um ministro do STF defende “os seus”, porque não faria um juiz do STJ ou dos TRFs, ou mesmo da primeira instância? Lula não é querido apenas nos tribunais superiores. Grande parta dos juízes de segunda instância e do STJ também foram nomeados por Lula ou Dilma, assim como ministros do Tribunal de Contas. Imagine você quanto vale ganhar o direito a uma aposentadoria dessas?

Lula continua preso, mas não se sabe por quanto tempo. Essa não foi a última tentativa de tirá-lo da cadeia, e não terá sido também a última tentativa estúpida de o fazer.

José Dirceu continua solto, mas não se sabe por quanto tempo. Essa não foi a primeira vez que tiraram ele da cadeia e não faltará quem aceite comprometer a biografia para cometer essa estupidez novamente caso ele volte a ser preso.

E a justiça brasileira continua a mesma, com uma gangue de ministros diariamente interpretando as leis de acordo com o “réu” do dia.

Talvez a única coisa 100% certa na Constituição Federal de 1988 foi chamá-la de “Constituição Cidadã”, afinal, a dureza da lei só é aplicada ao cidadão comum. Não custa lembra que no dia 30 de junho de 2018, apenas 10 dias atrás, Dias Tóffoli negou habeas corpus para um réu reincidente por furto de uma bermuda de 10 reais, a qual ele inclusive devolveu.

 

Você pode gostar de ler também os artigos abaixo

Segunda Turma do STF. O lugar de onde bandido sempre sai pelo ladrão.

José Dirceu. O vaidoso arquiteto da casa que caiu.

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.