0

O que a situação de Lula tem a ver com Eduardo Cunha?

O que a situação de Lula tem a ver com Eduardo Cunha?Não precisa ser expert em política para saber o tipo de pessoa e de político que Eduardo Cunha é. Ainda que me doa fazer isso sem que pareça um elogio, a inteligência dele é inegável, assim como é também a truculência e a vocação para todo e qualquer tipo de ilicitude.

Eduardo Cunha age com métodos, sejam eles dentro das regras ou fora delas. Foi assim que ele trucidou todos os adversários que tinha dentro da Câmara dos Deputados, os adversários que tinha dentro do PMDB e aqueles que se atreveram a passar no seu caminho. Atacando as fraquezas de cada um, e usando seus métodos pouco ortodoxos de persuasão, ele esteve na beira de ser presidente do Brasil por uns dias no lugar de Dilma, até a posse te Temer. E depois derrubaria Temer para assumir de vez. Não deu certo.

O ex-presidente da Câmara é tido pelos amigos e pelos inimigos como alguém confiavelmente inconfiável. E é só por isso que ele está preso. Os inimigos querem assim, os amigos também. A única maneira de tê-lo sob controle, ou quase, é preso. Até os ministros do STF preferem ele preso.

Mas porque Eduardo Cunha está tão quieto?

Michel Temer nomeou como assessor jurídico da Casa Civil o ex-advogado de Eduardo Cunha, Gustavo Rocha. Para a Casa Civil, ministério mais próximo do presidente da república e responsável pela articulação política no congresso nacional, Temer nomeou Carlos Marun, ex-líder da tropa de Eduardo Cunha na Câmara dos Deputados. Lutou pateticamente por ele da mesma maneira que ocupa pateticamente um cargo para o qual não tem estatura.

Renan Calheiros odeia Eduardo Cunha, porém só ataca Michel Temer, é como se o preso nem existisse. E odeia Temer pela proximidade com Cunha, que em termos de corrupção era o segundo da linha do quadrilhão do PMDB. Mas Renan nem cita Cunha.

O PT odeia Eduardo Cunha, mas já não ataca. Nem falam dele. E se falar dele para eles desconversam. Eduardo Cunha pôs fim a 15 anos de poder do PT, e o PT não fala no nome dele.

O PSDB nem sabe do que se trata, e se falar o nome de Cunha para um tucano ele vai se fazer de besta e pedir um segundo para consultar no Google quem é a pessoa. Nada.

O STJ e o STF têm dado seguidos nãos a todos os tipos de pedidos de Cunha. Pode ser até para fazer xixi sentado, leva não. Mas nem o ministro falastrão fala nele.

Por que? Por que? Por que?

Bem, na minha opinião são três porquês.

Porque Eduardo Cunha está absolutamente certo de que o STF vai revogar a prisão após condenação em segunda instância, de modo que ele não ficará mais preso preventivamente.

Porque Eduardo Cunha deixou claro sua disposição de falar e comprovar tudo o que sabe, nome por nome, data por data. E isso envolve todo mundo, inclusive gente que gosta de falar muito, ilustres e não ilustres.

Porque ele conta com a força do PT para brigar de frente com a justiça federal e tudo que Lula conseguir de benefício será estendido automaticamente a ele.

Eduardo Cunha continua nos bastidores do governo brasileiro, e tem como mensageiros diretos com Temer o assessor Gustavo Rocha e Carlos Marun, ambos debaixo do nariz do presidente. O indulto de natal, do qual Gustavo Rocha foi um dos articuladores, é uma prova disso. E o tipo de chantagem que Marun estabeleceu com os estados para a liberação de verbas foi outro.

Parece que ainda vamos demorar para saber o fim dessa história. Resta saber se vamos engolir mais uma vez ou se o povo brasileiro consegue demonstrar de vez a força que tem?

Leia também

Brasileiros, falemos de nós. Que país queremos? Pra quando queremos?

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.