0

JOESLEY, STF, JANOT, TEMER, FUNARO, LULA, ODEBRECHT, GEDDEL, PALOCCI… TÁ CONFUSO?

TUDO O QUE OS ABAFADORES DA LAVA JATO QUEREM É QUE VOCÊ CONTINUE TENDO A ILUSÃO DE QUE AS COISAS ESTÃO SE MEXENDO

Mas não estão. E para falar de tanta coisa tem que ser ‘a lá’ Ricardo Lewandowski, fatiando.

Joesley, STF, Janot e Temer

Essa história não poder acabar bem, para nenhum dos lados. As falhas que envolveram todo esse processo não podem encobrir todos os crimes e suspeitas que foram revelados. As novas gravações de Joesley Batista só comprovam que ele é, sim, um bandido articulado e perigoso. E reforçam a comprovação de que os outros também são.

Por mais bêbados de álcool e de poder que pudessem estar Batista e Saud nas 4 horas de gravações entregues à PGR, ninguém se arvora a falar com tanta leviandade que vai corromper ministros do STF se isso não fosse um objetivo. Nem daria detalhes e citaria personagens e estratégias se não fosse um plano a ser executado.

Janot, Lula

A denúncia do “quadrilhão” soa quase como um pedido de perdão de Rodrigo Janot. Ela não é inócua, nem mentirosa, nem mesmo mal elaborada. Mas completamente fora do tempo, mesmo que antes tarde do que nunca. E com essa tardia denúncia que só esperava para acontecer, Lula e cúmplices ganharam pelo menos dois anos na tramitação do processo no STF.

De duas uma. Ou mandam para a primeira instância quem não tem prerrogativa de foro, que seria o correto, ou daqui há poucos anos veremos processos como os de Lula e Dilma perderem o objetivo pelo falecimento dos réus. E fica o dito pelo Benedito.

Janot, Funaro, Temer

Rodrigo Janot está tentando parecer aquele mocinho de filme que, depois de muito ferido e completamente nocauteado pelos bandidos, encontra forças, sabe-se Deus de onde, e com golpes certeiros e mortais derruba todos a sua volta, salva a mocinha e morre em seguida. A delação de Lucio Funaro é um desses golpes enquanto não morre. E o grau de letalidade dele parece ser alto. Ainda penso ser mais provável que Temer não termine o mandato.

Geddel, Temer

Um dos motivos para que Temer não conclua seu mandato é que, diante dos 51 milhões descobertos no apartamento mantido clandestinamente por Geddel, não é difícil para que todos concluamos que é tudo farinha do mesmo saco e provavelmente da mesma plantação. Não dá para dissociar a proximidade de tantos anos de Michel Temer com Geddel Vieira Lima. Não dá para imaginar que Temer tenha ficado sequer assustado quando soube da notícia. Isso se parte da mufunfa não pertença a ele ou ao PMDB ou sabe a quem mais.

Marcelo Odebrecht, Lula

Qual a novidade? Nenhuma. Só falou o que já se sabia. Apenas reforça que é Luis Inácio da Silva. Bandido. O bom é que é mais um passo para a finalização de mais esse processo contra Lula, no qual também será condenado.

Palocci, Lula

Esse sim pode acrescentar alguma coisa significativa se quiser, no mínimo confirmando o que foi dito por Marcelo Odebrecht. Palocci é o personagem que oferece mais risco para Lula, porque é o único capaz de fornecer fatos novos, detalhes, informações e peças que faltavam nesse quebra cabeças da Lava Jato.

Tudo parece, mas não é

Muita coisa está acontecendo ao mesmo tempo, mas pouca coisa está realmente avançando. Toda essa salada de Joesley Batista pode provocar alterações significativas, pois a defesa de Temer agora quer a anulação da operação inteira, quando a PGR só fala na anulação dos benefícios concedidos. E não confiávamos no STF, agora ainda menos.

Tudo isso dá força para quem tem a intenção de reverter o entendimento sobre prisão após condenação em segunda instância, e essa reversão beneficia praticamente todos os presos e condenados na Lava Jato, incluindo e principalmente Lula.

As coisas não estão se encaixando para que entendamos que, finalmente, denunciados serão condenados e presos. O discurso todo é sempre esse, os movimentos aparentam ser, mas nada se mexe. É só ilusão de ótica mesmo.

 

 

 

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.