0

CPI da Lava Jato. Só falta Gleisi inocentada e Lula solto dia 26.

É bom que se conheça o nome dos principais cabeças por trás da CPI da Lava Jato. E não se assuste ao clicar nos nomes de alguns e ver a quantidade de processos a que eles respondem.Não há limites para a falta de caráter dos deputados federais que assinam o requerimento para instalar uma CPI da Lava Jato. Um congresso sem moral, lotado de parlamentares em honra. Deveria ser proibido que se fizesse uma CPI há tão poucos meses da eleição, assim como deveria ser proibido que notórios bandidos ainda tivessem mandato e ainda estivessem soltos.

A culpa extrema dessa situação está no Supremo Tribunal Federal, onde a Lava Jato tem seus mais algozes inimigos. A imbecilidade dos deputados é usar a lei em benefício próprio. A imbecilidade do Supremo é para garantir a impunidade alheia, sabe-se lá em benefício de quem, se dos deputados ou o benefício deles mesmos.

Assistiremos com cara de idiotas deputados federais investigados pela Lava Jato investigando a própria Lava Jato. E para quem não sabe, uma CPI tem poder de polícia, poderes de investigação equivalentes ao do ministério público. Em tese eles terão acesso a todo material sigiloso que estão em posse do Ministério Público Federal.

Segundo o site O Antagonista os partidos estão apoiando da seguinte forma:

 

PT – 57 PSD – 7 DEM – 4 PROS – 2
PP – 35 PR – 6 SOLIDARIEDADE – 3 PODEMOS – 1
MDB – 34 PDT – 6 PPS – 2 PSC – 1
PCdoB – 9 PSOL – 5 AVANTE – 2 PSDB – 1
PSB – 9 PRB – 5 PTB – 2

 

 

Mais de 200 deputados federais já assinaram o requerimento para instalação da CPI da Lava Jato. Por força do regimento, tendo as assinaturas, Rodrigo Maia, não desinteressadamente, será obrigado a instalar a CPI.

Vivemos tempos de bandidagem explícita, acobertada pelo Supremo Tribunal Federal que trabalhou como árbitro de futebol de várzea e deixou o pau comer solto. Se tivesse dado os amarelos e vermelhos que manda o regulamento, o país não teria descambado e virado um bordel de quinta categoria. Se esse tipo de escárnio acontece, o Supremo Tribunal Federal é o grande culpado.

Amanhã a Segunda Turma desse Supremo irá começar o julgamento de Gleisi Hoffmann, uma das enroladas até o pescoço com a Lava Jato, e ninguém mais confia que será cumprida a lei. Os brasileiros, inertes, esperam até uma absurda absolvição, baseada em truques como tentar desmisturar caixa 1 de caixa 2, transformar doação ilícita em doação lícita ou até forçar um empate para beneficiar a ré. São teorias da conspiração, sim, mas todas absolutamente plausíveis e factíveis.

Não custa lembrar que a Segunda Turma é chamada também de “jardim do Éden” da Lava Jato, tendo na sua composição Ricardo Lewandowski na presidência, Gilmar Mendes, Dias Tóffoli, Celso de Mello e Edson Fachin. É dessa turma, ou monocraticamente por esses ministros, que tem saído os maiores absurdos na distorção e reinterpretação das leis de acordo com a cara do réu.

E essa mesma Segunda Turma irá julgar o habeas corpus pedindo a soltura de Lula no próximo dia 26. Recentemente Edson Fachin foi visitado por Sepúlveda Pertence para tratar desse assunto. Segundo o regimento do STF o habeas corpus não poderia ser votado na casa porque dependia de uma decisão do STJ. Curiosamente a decisão apareceu dois ou três dias depois dessa visitinha.

Esses fatos não são isolados. Fazem parte do maior ataque a Lava Jato, comandado pessoalmente por Gilmar Mendes, em especial por todas as suas intervenções na Lava Jato do Rio de Janeiro, desmoralizando todo o trabalho realizado pelo Ministério Público Federal, pela Polícia Federal e pelo juiz Marcelo Bretas.

Essa ofensiva, agora traduzida numa CPI com poderes de investigação, pretendem inviabilizar não apenas a Lava Jato, mas todas as operações em andamento na Polícia Federal, como revela esse trecho do requerimento:

“O objeto da CPI deverá estender-se, por conexão, para ocorrência de irregularidades em sede de outras investigações, que estejam em desacordo com o quanto firmado na legislação de referência e na defesa do sistema de proteção de direitos e garantias insculpidas na Constituição Federal, por ser do interesse da sociedade o resultado válido, legítimo e eficaz da aplicação das normas e da conduta dos agentes públicos. ”

É bom que se conheça o nome dos principais cabeças por trás da CPI da Lava Jato. E não se assuste ao clicar nos nomes de alguns e ver a quantidade de processos a que eles respondem. Depois pense se tem cabimento que essas pessoas organizem uma CPI para investigar alguma coisa. São eles:

Baleia Rossi – MDB/SP  –  Paulo Pimenta ´PT/RS  –  Arthur Lira – PP/AL  –  Júlio Delgado – PSB/MG    –  André Figueiredo – PDT/CE 

Orlando Silva – PCdoB/SP  –  Weverton Rocha – PDT/MA  –  José Guimarães – PT/CE  –  Afonso Florence – PT/BA

Carlos Zarattini – PT/SP  –  Hildo Rocha – MDB/MA  –  Chico D’Angelo – PDT/RJ  –  José Rocha – PR/BA  –  Beto Mansur – MDB/SP

Estamos na marca do penalti. Ou o Brasil reage a isso tudo, como reage ao futebol, ou tomaremos outros 7 a 1 dos políticos com o apito do Supremo Tribunal Federal. A Copa acaba em 20 dias. o Brasil continua.

Você pode gostar de ler também

Nelson Jobim, homem de FHC, homem de Lula, homem de Temer

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.