0

Ainda é cedo para comemorar. Tem muita gente na fila. Veja a lista.

Entre absolvidos, investigados, réus e condenados.

Adarico Negromonte Filho Irmão Mário Negromonte Absolvido[1] Absolvição das acusações de pertinência à organização criminosa e lavagem de dinheiro.
Adir Assad Lobista/empresário Ligado à Renato Duque Condenado[2] Condenação por lavagem de dinheiro e associação criminosa a 9 anos e 10 meses de reclusão.
Aécio Neves Senador PSDB-MG 2 citações arquivadas[3] Citação por Alberto Youssef arquivada em 6 de março de 2015[4] e citação por Carlos Alexandre de Souza Rocha arquivada em 17 de fevereiro de 2017, ambas pelo ministro do STF Teori Zavascki. Cinco inquéritos abertos em 11 de abril de 2017[5] pelo ministro do STFEdson Fachin.
5 inquéritos em andamento
Afonso Hamm Deputado federal PP-RS Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Agenor Franklin Magalhães Medeiros Diretor Construtora OAS Condenado[7] Condenação por pertinência a organização criminosa, corrupção ativa, lavagem de dinheiro a 16 anos e 4 meses de reclusão.
Aguinaldo Ribeiro Deputado federal PP-PB Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Alexandre Portela Barbosa Advogado Construtora OAS Indiciado pela PF[8] Não finalizado
Alberto Elísio Vilaça Gomes Ex-diretor da área de óleo e gás Mendes Júnior Condenado[9] Condenação por corrupção ativa e associação criminosa a 10 anos de reclusão, com regime fechado para o início do cumprimento da pena e multa de R$ 762.750,00.
Aldemir Bendine Ex-presidente Petrobras Condenado. Foi preso temporariamente na 42ª fase da operação.[10] Condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 11 anos de prisão.
Alexandrino de Salles Ramos de Alencar Ex-diretor Odebrecht Condenado[11] Condenação por lavagem de dinheiro e corrupção ativa a 15 anos, 7 meses e 10 dias de prisão em regime fechado.
Aline Corrêa Ex-deputada federal PP-SP Investigada em inquérito[6] Investigação não finalizada
André Catão de Miranda Gerente Financeiro Posto da Torre Absolvido[12] Absolvido em 2ª instância.
André Vargas Ex-deputado federal sem partido-PR Condenado Condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 14 anos e 4 meses de reclusão e multa de 3 salários mínimos por 280 dias (mais de R$ 660 mil)
Angelo Alves Mendes Diretor vice-presidente de assuntos corporativos Mendes Júnior Absolvido[9] Absolvido em 1ª instância
Ângela Palmeira Ferreira Funcionária do Departamento de Pagamentos Estruturados Odebrecht Ré[13] Julgamento em instrução
Aníbal Gomes Deputado federal PMDB-CE Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Antonio Almeida da Silva Ligado à Youssef Empreiteira Rigidez Absolvido[1] Absolvição das acusações
Antonio Anastasia Senador PSDB-MG Investigado em inquérito[6] Arquivada por falta de prova.
Antonio Carlos Pieruccini Advogado Olvepar Condenado[14] Condenação por lavagem de dinheiro a 3 anos, com regime aberto para o início de cumprimento de pena e prestação de serviços à comunidade.
Antônio Delfim Netto Ex-ministro da Fazenda Governo Costa e Silva Investigado em inquérito Investigação não finalizada[15]
Antônio Pedro Campello de Souza Dias Ex-diretor Andrade Gutierrez Denunciado pelo MPF[16] A avaliar denúncia
Armando Furlan Júnior Sócio Fernando Soares Denunciado pelo MPF[16] A avaliar denúncia
Antonio Palocci ex-Ministro PT-SP Condenado[17] Condenação por lavagem de dinheiro e corrupção passiva a 12 anos de prisão.
Arthur Lira Deputado federal PP-AL Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Benedito de Lira Senador PP-AL Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Bernardo Schiller Freiburghaus   Odebrecht Denunciado pelo MPF[16] A avaliar denúncia de lavagem de dinheiro
Camila Ramos Filha José Dirceu Denunciada pelo MPF[18] A avaliar denúncia de lavagem de dinheiro
Carlos Magno Ex-deputado federal PP-RO Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Cândido Vaccarezza Ex-deputado federal PT-SP Investigado em inquérito. Foi preso temporariamente na 43ª fase da operação[6] Investigação não finalizada
Celso Araripe d’Oliveira Funcionário Petrobras Denunciado pelo MPF[16] A avaliar denúncia
Cesar Ramos Rocha Ex-diretor Odebrecht Condenado[11] Condenação por associação criminosa e corrupção ativa a 9 anos, 10 meses e 20 dias em regime fechado.
Ciro Nogueira Senador PP-PI Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Cristiano Kok Presidente Engevix Engenharia Denunciado pelo MPF[18][19] A avaliar denúncia de organização criminosa, corrupção ativa e lavagem de dinheiro
Dalton dos Santos Avancini Ex-presidente do Conselho de Administração Camargo Corrêa Condenado[20] Condenação por corrupção, lavagem de dinheiro e pertinência à organização criminosa a 15 anos e 10 meses de prisão
Daniela Leopoldo e Silva Facchini Arquiteta José Dirceu Denunciada pelo MPF[18] A avaliar denúncia de lavagem de dinheiro
Dario de Queiroz Galvão Ex-presidente Galvão Engenharia Condenado[21] Condenação por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa a 13 anos e 2 meses de prisão.
David Muino Sanchez Gerente Banca della Svizzera Italiana – BSI Preso em Curitiba. Denunciado em inquérito por ter atuado junto ao banco suíço para abrir empresas offshores, com o objetivo de lavar o dinheiro ilegal.[22] Investigação não finalizada.
Delcídio do Amaral Senador (cassado) PT-MS Investigado em inquérito Em andamento; Foi preso por ter sido gravado tentando comprar o silêncio e obstrução da justiça ao tentar a fuga do ex-diretor ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró ao exterior.
(atualmente sem partido)
Dilceu Sperafico Deputado federal PP-PR Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Dilma Rousseff Ex-presidente da República PT-RS Denunciada pelo MPF[23] Investigação não finalizada
Edison Lobão Senador PMDB-MA Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Ednaldo Alves da Silva Executivo UTC Engenharia Indiciado pela PF[24] Não finalizado
Eduardo Cunha ex-Deputado Federal e ex-presidente da Câmara dos Deputados PMDB-RJ Condenado Condenado a 15 anos e 4 meses de prisão em regime fechado
Eduardo da Fonte Deputado federal PP-PE Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Eduardo de Oliveira Freitas Filho Sócio-gerente Freitas Filho Construções Limitada Denunciado pelo MPF[16] A avaliar denúncia
Eduardo Vaz da Costa Musa Ex-gerente-geral da área Internacional Petrobras Condenado[25] Condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 11 anos e 8 meses de prisão
Eidilaine Soares Esposa André Vargas Denunciada pelo MPF[26] A avaliar denúncia de lavagem de dinheiro
Erton Medeiros Fonseca Diretor-presidente de engenharia industrial Galvão Engenharia Condenado[27] Condenação por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa a 12 anos e 5 meses de prisão.
Elton Negrão de Azevedo Júnior Diretor-executivo Andrade Gutierrez Denunciado pelo MPF[16] A avaliar denúncia
Fábio Corrêa Filho Ex-deputado Pedro Corrêa Absolvido[28] Absolvido em 1ª instância.
Flávio Gomes Machado Filho Operador Andrade Gutierrez Denunciado pelo MPF[16] A avaliar denúncia
Flávio Sá Motta Pinheiro Gerente Mendes Júnior Indiciado pela PF[8] Não finalizado
Fernando Antonio Guimarães Horneaux de Moura Lobista José Dirceu Denunciado pelo MPF[18] A avaliar denúncia de organização criminosa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro
Fernando Bezerra Coelho Senador PSB-PE Denunciado pelo MPF[29] A avaliar denúncia de corrupção
Fernando Collor de Mello Senador PTC-AL Réu[30] Investigação não finalizada
Fernando Pimentel Governador PT-MG Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Flávio David Barra Presidente global AG Energia, empresa controlada pela Andrade Gutierrez Denunciado pelo MPF A avaliar denúncia de corrupção ativa, lavagem de dinheiro, organização criminosa
Gerson Almada Vice-presidente Engevix Denunciado pelo MPF Condenação por organização criminosa, corrupção ativa e lavagem de dinheiro por 19 anos de reclusão e multa de R$923 mil.
Condenado[31]
Gladson Cameli Senador PP-AC Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Gleisi Hoffmann Senadora PT-PR ré[6] corrupção passiva e e lavagem de dinheiro[32]
Guido Mantega Ex-ministro da fazenda PT-SP Investigado em inquérito Investigação não finalizada. Foi preso na 34ª fase da Lava Jato, mas depois solto no mesmo dia.
Humberto Costa Senador PT-PE Investigado em inquérito[6] Processo não finalizado
Ildefonso Colares Filho Diretor-presidente Queiroz Galvão Indiciado pela PF[8] Não finalizado
Ivan Vernon Gomes Torres Júnior Ex-funcionário Ex-deputado Pedro Corrêa Condenado[28] Condenação por lavagem de dinheiro a 5 anos em regime semiaberto
Jaques Wagner Ex-ministro chefe da Casa Civil e ex-governador PT-BA Investigado em inquérito Em andamento
Jean Alberto Luscher Castro Executivo Galvão Engenharia Condenado Condenação por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa a 11 anos e 8 meses de prisão.
Jerônimo Goergen Deputado federal PP-RS Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
João Leão Vice-governador e ex-deputado federal PP-BA Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
João Alberto Pizzolati Ex-deputado federal PP-SC Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Joesley Batista Presidente J&F Investimentos Investigado Investigação não concluída
José Adolfo Pascowitch Operador do esquema pela Engevix irmão de Milton Pascowitch Denunciado pelo MPF[18] A avaliar denúncia de organização criminosa, corrupção ativa e lavagem de dinheiro,
João Procópio de Almeida Prado Executivo Youssef Condenado[9] Condenação por lavagem de dinheiro a 2 anos e 6 meses de reclusão.
José Antunes Sobrinho Executivo Engevix Engenharia Denunciado pelo MPF[18] A avaliar denúncia de corrupção ativa e lavagem de dinheiro
José Dirceu de Oliveira e Silva Ex-ministro da Casa Civil PT-SP Denunciado pelo MPF[18] Condenação a 23 anos e 3 meses por corrupção passiva, recebimento de vantagem indevida e lavagem de dinheiro.
Condenado[33]
José Humberto Cruvinel Resende Engenheiro Mendes Júnior Absolvido em 1ª instância  
José Linhares Ex-deputado federal PP-CE Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
José Mentor Deputado federal PT-SP Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
José Otávio Germano Deputado federal PP-RS Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
João Vaccari Neto Ex-tesoureiro PT Condenado Condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 15 anos e 4 meses de reclusão
Júlio César dos Santos Ex-sócio minoritário JD Consultoria Denunciado pelo MPF[18] A avaliar denúncia de organização criminosa e lavagem de dinheiro
Lázaro Botelho Deputado federal PP-TO Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Roberto Britto Deputado federal PP-BA Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Lindberg Farias Senador PT-RJ Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Lucélio Roberto von Lechten Góes Lobista Odebrecht Denunciado pelo MPF[16] A avaliar denúncia
Luis Carlos Heinze Deputado federal PP-RS Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Luiz Argôlo Ex-deputado federal SD-BA Condenado[34] Condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 11 anos e 11 meses de reclusão
Luiz Eduardo de Oliveira e Silva Sócio JD Consultoria Denunciado pelo MPF[18] A avaliar denúncia de organização criminosa e lavagem de dinheiro
Luiz Fernando Faria Deputado federal PP-MG Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Luiz Inácio Lula da Silva Ex-presidente da República PT-SP Condenado[35] Condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 12 anos e 1 mês de prisão e preso.
Condenado em primeira instância[36][37][38][39]
Condenado em segunda instância[40]
Luiz Fernando Pezão Governador PMDB-RJ Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Marcelo Bahia Odebrecht Presidente Odebrecht Condenado[41] Condenação por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa a 19 anos e 4 meses de prisão em regime fechado e multa de R$ 108.809.565,00 e US$ 35 milhões (R$ 131.978.000,00 na cotação de 7 de março de 2016).
Márcio Farias da Silva Ex-diretor Odebrecht Condenado[41] Condenado por lavagem de dinheiro, associação criminosa e corrupção ativa a 19 anos e 4 meses de prisão em regime fechado.
Mário Negromonte Ex-deputado federal PP-BA Indiciado pela PF[42] Investigação não finalizada
Mário Negromonte Júnior deputado federal e filho de Mário Negromonte PP-BA Indiciado pela PF[43][44] Investigação não finalizada
Michel Temer presidente PMDB-SP Indiciado pela PF[45][46][47][48][49][50][51] A avaliar denúncia
Milton Pascowitch Operador do esquema pela Engevix através da Ecovix Engevix Denunciado pelo MPF[18] Condenação por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa a 20 anos de 10 meses de reclusão.
Condenado[33]
Missionário José Olímpio Deputado federal DEM-SP Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Murilo Tena Barros        
Nelson Meurer Deputado federal PP-PR Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Olavo Horneaux de Moura Filho Operador do esquema Irmão gêmeo do empresário Fernando Moura Denunciado pelo MPF[18] A avaliar denúncia de organização criminosa e lavagem de dinheiro
Otávio Marques de Azevedo Presidente Andrade Gutierrez Denunciado pelo MPF[16] A avaliar denúncia
Othon Zanoide de Moraes Filho Diretor-geral de desenvolvimento comercial Vital Engenharia Indiciado pela PF[8] Não finalizado
(empresa do grupo Queiroz Galvão)
Otto Garrido Diretor de operações IESA Óleo & Gás Indiciado pela PF[8] Não finalizado
(empresa do Grupo Inepar)
Paulo Bernardo Ex-ministro PT-PR Réu Investigação não finalizada
Paulo Sérgio Boghossian Ex-diretor Odebrecht Denunciado pelo MPF[16] A avaliar denúncia
Pedro Corrêa Ex-deputado federal PP-PE Condenado Condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 20 anos, 7 meses e 10 dias de prisão
Pedro José Barusco Filho Ex-gerente de serviços Petrobras Condenado.[2] Condenação por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e associação criminosa
Indiciado pela PF em outro processo[52]
Pedro Henry Ex-deputado federal PP-MT Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Renan Calheiros Senador PMDB-AL Investigado em inquérito.[6][53] Delação de corrupção feita por Felipe Parente Investigação não finalizada
Renato Molling Deputado federal PP-RS Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Renato de Souza Duque Ex-diretor de Serviços Petrobras Condenado[2] Condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 20 anos e 8 meses de reclusão
Indiciado pela PF em outro processo[52]
Ricardo Ribeiro Pessoa Ex-presidente UTC Engenharia Inidicado pela PF[24] Não finalizado
Denunciado pela PRG[54]
Roberto Balestra Deputado federal PP-GO Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Roberto Marques Ex-assessor José Dirceu Denunciado pelo MPF[18] A avaliar denúncia de organização criminosa e lavagem de dinheiro
Roberto Teixeira Ex-deputado federal PP-PE Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Rogério Cunha de Oliveira Diretor de óleo e gás Mendes Júnior Condenado[9] Condenação por corrupção ativa e associação criminosa a 17 anos e 4 meses de reclusão.
Rogério Santos de Araújo Ex-diretor Odebrecht Condenado[41] Condenado por lavagem de dinheiro, associação criminosa e corrupção ativa: 19 anos e 4 meses de prisão em regime fechado.
Romero Jucá Senador PMDB-RR Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Roseana Sarney Ex-senadora PMDB-MA Investigada em inquérito[6] Investigação não finalizada
Sandes Júnior Deputado federal PP-GO Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Sérgio Cunha Mendes Vice-presidente Mendes Júnior Condenado[9] Condenação por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa a 19 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado.
Simão Sessim Deputado federal PP-RJ Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Valdir Lima Carreiro Diretor-presidente IESA Óleo & Gás Indiciado pela PF[8] Não finalizado
(empresa do Grupo Inepar)
Valdir Raupp Senador PMDB-RO Investigado em inquérito[6] Acusado pela PGR de receber $R500.000 em propina
Vander Loubet Deputado federal PT-MS Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Vilson Covatti Ex-deputado federal PP-RS Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Waldir Maranhão Deputado federal PP-MA Investigado em inquérito[6] Investigação não finalizada
Walmir Pinheiro Santana Executivo UTC Engenharia Indiciado pela PF[24] Não finalizado
Jorge Luiz Zelada Ex-diretor Petrobras Denunciado pelo MPF[55] Condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 12 anos e 2 meses de prisão em regime fechado.
Indiciado pela PF[52]
Condenado[56]
Hamylton Pinheiro Padilha Operador ligado a Jorge Zelada Denunciado pelo MPF[55] A avaliar denúncia de corrupção ativa, lavagem de dinheiro
Raul Schmidt Felippe Junior Ex-funcionário Petrobras Denunciado pelo MPF[55] A avaliar denúncia de corrupção passiva, lavagem de dinheiro
João Augusto Rezende Henriques Lobista ligado a Jorge Zelada Denunciado pelo MPF[55] A avaliar denúncia de corrupção passiva, lavagem de dinheiro
Indiciado pela PF[52]
Hsin Chi Su (Nobu Su) Executivo Empresa chinesa TMT (ligado a Jorge Zelada) Denunciado pelo MPF[55] A avaliar denúncia de corrupção ativa, lavagem de dinheiro
Othon Luiz Pinheiro da Silva Ex-presidente Eletronuclear Denunciado pelo MPF[19] A avaliar denúncia de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, embaraço à investigação de organização criminosa, evasão de divisas, organização criminosa
Ana Cristina da Silva Toniolo filha Othon Luiz Pinheiro da Silva Denunciada pelo MPF[19] A avaliar denúncia de lavagem de dinheiro, embaraço à investigação de organização criminosa, evasão de divisas, organização criminosa
Rogério Nora Ex-presidente Andrade Gutierrez Denunciado pelo MPF[19] A avaliar denúncia de corrupção ativa, lavagem de dinheiro, organização criminosa
Clóvis Renato   Andrade Gutierrez Denunciado pelo MPF[19] A avaliar denúncia de corrupção ativa, lavagem de dinheiro, organização criminosa
Olavinho Ferreira Mendes ex-executivo Andrade Gutierrez Denunciado pelo MPF[19] A avaliar denúncia de corrupção ativa, lavagem de dinheiro, organização criminosa
Gustavo Botelho     Denunciado pelo MPF[19] A avaliar denúncia de corrupção ativa, lavagem de dinheiro, organização criminosa
Carlos Gallo     Denunciado pelo MPF[19] A avaliar denúncia de lavagem de dinheiro, embaraço à investigação de organização criminosa, organização criminosa
Josué Nobre     Denunciado pelo MPF[19] A avaliar denúncia de lavagem de dinheiro, organização criminosa
Geraldo Arruda     Denunciado pelo MPF[19] A avaliar denúncia de lavagem de dinheiro
José Antunes Sobrinho Sócio Engevix Denunciado pelo MPF[19] A avaliar denúncia de corrupção ativa, lavagem de dinheiro, organização criminosa
Victor Colavitti     Denunciado pelo MPF[19] A avaliar denúncia de lavagem de dinheiro, organização criminosa
Carlos Eduardo Strauch Albero Diretor Engevix Engenharia Réu na Justiça Federal[57] A julgar acusações de organização criminosa, formação de cartel, frustração à licitação, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, evasão fraudulenta de divisas, uso de documento falso e sonegação de tributos federais
Enivaldo Quadrado Ex-dono Bônus-Banval Condenado[9] Condenação por lavagem de dinheiro a 7 anos e 6 meses de reclusão.
Luiz Roberto Pereira Diretor Engevix Engenharia Réu na Justiça Federal[57] A julgar acusações de organização criminosa, formação de cartel, frustração à licitação, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, evasão fraudulenta de divisas, uso de documento falso e sonegação de tributos federais
Newton Prado Júnior Diretor Engevix Engenharia Réu na Justiça Federal[57] A julgar acusações de organização criminosa, formação de cartel, frustração à licitação, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, evasão fraudulenta de divisas, uso de documento falso e sonegação de tributos federais
Paulo Roberto Costa Diretor de abastecimento Petrobras Condenado[58] Condenação por crime de organização criminosa e lavagem de dinheiro a 7 anos e 6 meses e multa de R$ 408 mil
Réu na Justiça Federal[57] A julgar acusações de formação de cartel, frustração à licitação, corrupção ativa e passiva, evasão fraudulenta de divisas, uso de documento falso e sonegação de tributos federais
Waldomiro de Oliveira Dono MO Consultoria Condenado[1][58] Condenação por crime de organização criminosa e lavagem de dinheiro a 11 anos e 6 meses de prisão e multa de R$ 148 mil
Sanko Sider Réu na Justiça Federal[57] A julgar acusações de formação de cartel, frustração à licitação, corrupção ativa e passiva, evasão fraudulenta de divisas, uso de documento falso e sonegação de tributos federais
Alberto Youssef Doleiro Condenado[2][58] Condenação por lavagem de dinheiro a 9 anos e 2 meses (suspenso em razão de ultrapassar 32 anos, em razão das outras condenações) e multa de R$ 763 mil
Réu na Justiça Federal[57] A julgar acusações de organização criminosa, formação de cartel, frustração à licitação, corrupção ativa e passiva, evasão fraudulenta de divisas, uso de documento falso e sonegação de tributos federais
Nestor Cerveró Ex-Diretor da área internacional[59] Petrobras Condenado[60][61][62] Condenação por lavagem de dinheiro a 5 anos de prisão em regime fechado e multas de mais de R$ 500 mil e de R$ 1.140.725,00
Denunciado pelo MPF[63] A avaliar denúncia de corrupção contra o sistema financeiro nacional
Carlos Alberto Pereira da Costa Representante GFD Investimentos Condenado[1] Condenação por lavagem de dinheiro, substituída por restrição de direitos a 2 anos e 8 meses
Réu na Justiça Federal[57] A julgar acusações de organização criminosa, formação de cartel, frustração à licitação, corrupção ativa e passiva, evasão fraudulenta de divisas, uso de documento falso e sonegação de tributos federais
Carlos Habib Chater   Youssef Condenado[1] Condenação por lavagem de dinheiro a 4 anos e 9 meses de prisão em regime fechado e por lavagem de dinheiro (noutro caso) a 5 anos e 6 meses em regime fechado
Cleverson Coelho de Oliveira   Youssef Condenado[1] Condenação por evasão de divisas, operação de instituição financeira irregular e pertinência a organização criminosa a 5 anos e 10 dias de prisão
Ediel Viana da Silva   Youssef Condenado[1] Condenação por lavagem de dinheiro e uso de documentos falsos a 3 anos em regime fechado
Eduardo Hermelino Leite Ex-vice-presidente Camargo Corrêa Condenado[1] Condenação por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e pertinência à organização criminosa a 15 anos e 10 meses de prisão
Esdra de Arantes Ferreira Sócio Labogen Condenado[1][58] Condenação por lavagem de dinheiro a 4 anos e 5 meses e multa de R$ 20 mil
Faiçal Mohamed Nacirdine   Youssef Condenado[1] Condenação por operar instituição financeira irregular a 1 ano e 6 meses
Fernando ‘Baiano’ Antônio Falcão Soares Lobista Condenado[1] Condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 16 anos e 1 mês de prisão
Fernando Augusto Stremel Andrade Funcionário Construtora OAS Condenado[1] Condenação por lavagem de dinheiro a 4 anos de reclusão (pena substituída por prestações de serviços à comunidade e pagamento de multa de 50 salários mínimos)
Absolvido Absolvição de acusações de corrupção ativa e organização criminosa, por falta de provas
Iara Galdino da Silva Doleira   Condenada[1] Condenação por evasão de divisas, operação de instituição financeira irregular, corrupção ativa e pertinência à organização a 11 anos e 9 meses de prisão
Jayme Alves de Oliveira Filho Ex-agente da Polícia Federal Youssef Condenado[1] Condenação por lavagem de dinheiro e pertinência à organização criminosa a 11 anos e 10 meses
João Ricardo Auler Ex-presidente do Conselho de Administração Camargo Corrêa Condenado[1] Condenação por corrupção e de pertinência à organização criminosa a 9 anos e 6 meses de prisão
José Aldemário Pinheiro Filho Presidente Construtora OAS Condenado[1] Condenação por organização criminosa, corrupção ativa, lavagem de dinheiro a 16 anos e quatro meses de reclusão
José Ricardo Nogueira Breghirolli Contato Youssef–Construtora OAS Condenado[1] Condenação por organização criminosa, lavagem de dinheiro a 11 anos de reclusão
Absolvido Absolvição de acusação de corrupção ativa, por falta de provas
Juliana Cordeiro de Moura   Youssef Condenada[1] Condenação por evasão de divisas e de operação de instituição financeira irregular a 2 anos e 10 dias de prisão
Julio Gerin de Almeida Camargo Executivo Toyo Setal Condenado[1] Condenação por corrupção ativa e lavagem de dinheiro a 14 anos de prisão (provável redução para 5 anos em regime aberto devido à delação premiada)
Denunciado pelo MPF[63] A avaliar denúncia de corrupção contra o sistema financeiro nacional
Leonardo Meirelles Sócio Labogen Condenado[1][58] Condenação por lavagem de dinheiro a 6 anos e 8 meses e multa de R$ 68 mil e por lavagem de dinheiro (noutro caso) a 5 anos e 6 meses e 20 dias e multa de R$ 171 mil
Luccas Pace Júnior Operador de câmbio Youssef Condenado[1] Condenação por evasão de divisas, por operar instituição financeira irregular e pertinência a organização criminosa a 4 anos, 2 meses e 15 dias de prisão (reduzido à metade devido à delação premiada)
Márcia Danzi Russo Corrêa de Oliveira Nora Ex-deputado Pedro Corrêa Absolvida Absolvida em 1ª instância.
Marcio Andrade Bonilho Sócio Sanko Sider Condenado[58] Condenação por crime de organização criminosa e lavagem de dinheiro a 11 anos e 6 de prisão e multa de R$ 741 mil
Absolvido[1] Absolvição de outras acusações
Maria Dirce Penasso Laranja Youssef Condenada[1] Condenação por evasão de divisas e operação de instituição financeira irregular a 2 anos, um mês e 10 dias de prisão
Mário Lúcio de Oliveira Diretor de agência de viagem GFD Absolvido[9] Absolvido em 1ª instância.
Matheus Coutinho de Sá Oliveira Vice-presidente do conselho executivo Construtora OAS Condenado[1] Condenação por organização criminosa e lavagem de dinheiro a 11 anos de reclusão
Absolvido[1] Absolvição da acusação de corrupção ativa, por falta de provas
Nelma Mitsue Penasso Kodama Doleira   Condenada[1] Condenação por evasão de divisas, operação de instituição financeira regular, corrupção ativa e pertinência a organização criminosa a 18 anos de prisão
Pedro Argese Junior Operador do esquema Youssef Condenado[1][58] Condenação por lavagem de dinheiro a 4 anos e 5 meses e multa de R$ 20 mil
Rafael Ângulo Lopez Braço Direito Youssef Condenado[28] Condenação por lavagem de dinheiro a 6 anos e 8 meses de reclusão, substituída por regime aberto diferenciado
Renê Luiz Pereira   Youssef Condenado[1] Condenação por tráfico de drogas a 14 anos em regime fechado
Rinaldo Gonçalves de Carvalho   Youssef Condenado[1] Condenação por corrupção passiva a 2 anos e 8 meses de reclusão
Augusto Ribeiro de Mendonça Neto Executivo Toyo Setal Condenado[2] Condenação por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa a 16 anos e 8 meses de reclusão
Dario Teixeira Alves Júnior Laranja Empresa fantoche Condenado[2] Condenação por lavagem de dinheiro a 9 anos e 10 meses.
Mario Frederico Mendonça Góes Lobista Odebrecht Condenado[2] Condenação por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e associação criminosa a 18 anos e 4 meses (reduzida a prisão domiciliar até agosto de 2016 e mais 2 anos de semiaberto devido à delação premiada)
Sônia Mariza Branco Operadora do esquema   Condenada[64] Condenação por lavagem de dinheiro e associação criminosa a 9 anos e 10 meses de reclusão
Leon Denis Vargas Ilário Irmão André Vargas Condenado[65][66] Condenação por lavagem de dinheiro a 11 anos e 4 meses de reclusão e multa de 2 salários mínimos por 160 dias (mais de R$ 252 mil)
Ricardo Hoffmann Operador ligado a André Vargas Borghi Lowe Condenado[65][66] Condenação a 12 anos e 10 meses e multa de 5 salários mínimos por 230 dias (mais de R$ 906 mil)
Murilo Tena Barros   Youssef Absolvido[1] Absolvição das acusações
Sérgio Cabral ex-Governador PMDB-RJ Condenado[67] A aguardar julgamento

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_pessoas_envolvidas_na_Opera%C3%A7%C3%A3o_Lava_Jato

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.