0

A VOZ MENTE. O CORPO, DIFICILMENTE

O depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro poderia ser resumido em três frases:

  1. Eu não sabia.
  2. Foi a Marisa que fez.
  3. Pergunta para quem falou.

De assuntos domésticos simples, até a função de presidente da república, o fato de não saber não o exime de ser o responsável pela nação. Pode-se delegar tarefas, mas não se pode delegar uma responsabilidade que não lhe pertence.

Sua insatisfação pode gerar resultados. Crie um Blog agora mesmo!
Quero mais informações, ou para começar agora, clique aqui.

Então, fica fácil pôr a culpa em alguém que já morreu, porque é impossível perguntar alguma coisa para ela.

Mas, esquece que as perguntas aos que estão vivos já foram feitas e respondidas, e que o depoimento era a sua chance de, pessoalmente, mudar alguma coisa.

Quem escuta o áudio do depoimento pode até acreditar nas palavras do ex-presidente. Mas quem assiste o vídeo fica com a nítida sensação do desconforto do ex-presidente e do descompasso entre o que a sua voz diz e o que suas reações corporais dizem.

Já dizia François Mauriac, prêmio Nobel de literatura no ano de 1952:

“Qualquer um sabe proferir palavras enganadoras; as mentiras do corpo exigem outra ciência.”

HS Naddeo

Brasileiro escrivinhador de ofício, palpiteiro, cheio de opinião, jornalista, publicitário, administrador, marketeiro, anti-petista, anti-corrupção e anti-burrice.